segunda-feira, 12 de setembro de 2016

O EVANGELHO



                   VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 

Senhora da Hora (Portugal)

sexta-feira, 15 de julho de 2016

PREPARA-TE PARA TE ENCONTRARES COM DEUS

A consternação, a revolta e a insegurança voltaram a tomar conta dos sentimentos dos muitos milhões de pessoas que, tal como eu, assistiram aos relatos e imagens de mais uma hedionda tragédia que provocou a morte a largas dezenas de pessoas e ferimentos em muitas outras numa bela e pacata cidade do sul de França.
Um tresloucado terrorista alugou um pesado camião, para 2 dias depois o conduzir desenfreadamente durante cerca de 2 quilómetros por cima de uma multidão que pacifica e despreocupadamente se fazia passear numa bela noite de verão em um dos recantos turísticos mais belos e frequentados da Europa.

Ali se passeava uma multidão composta por muitos milhares de seres humanos, de todas as idades, incluindo muitas crianças, usufruindo do lícito prazer concedido pelos festejos de um feriado nacional, do fogo de artifício, do ameno clima, dos encontros familiares, das amizades...de tudo o que de bom se poderia desfrutar numa noite de Verão...

Nada fazia supôr tal tragédia. Ninguém se preparou para ela. E, pior ainda, talvez ninguém estivesse preparado para naquela noite se encontrar com Deus na eternidade.

Várias verdades são dignas de ser realçadas:

Ninguém previa aquela tragédia. Alguém que se levantasse no meio daquela enorme multidão inebriada pela descontracção, alertando para o perigo iminente, e apelando a que se protegessem, talvez não fosse ouvido, muito menos acreditado. Talvez até lhe fosse imposto o silêncio. Ninguém aceitaria que alguém viesse interromper tão saborosos momentos de prazer e descanso.

Ninguém era mais culpado do que outro para morrer daquela maneira. As tragédias não escolhem as suas vítimas em função da quantidade de males provocados por estas. Pelo contrário, qualquer um de nós está sujeito a que ela lhe bata à porta, quer nos consideremos boas ou más pessoas. 
Confrontado com esta eterna questão acerca da "justiça" de quem morre quando a tragédia lhe cai em cima, o Mestre Jesus afirmou: "Cuidais que aqueles dezoito, sobre os quais desabou a torre de Siloé e os matou, eram mais culpados que todos os outros habitantes de Jerusalém? Não eram, Eu vo-lo afirmo, mas, se não vos arrependerdes, todos igualmente perecereis." (Evangelho de Lucas 13:4 e 5).

Ninguém escapa ao encontro com Deus. Muitas pessoas pensam que a vida é apenas o tempo em que andamos por este mundo. Ignoram que a vida é imortal, e mesmo quando a morte física interrompe a caminhada nesta terra, a alma vai comparecer diante do seu Criador, afim de lhe prestar contas dos seus actos, decisões e escolhas. Um profeta do Antigo Testamento alerta o povo pecaminoso da época com as seguintes palavras, tão actuais então como nos dias de hoje: "Prepara-te para te encontrares com o teu Deus" (Amós 4:12).

Ninguém pode prever o seu futuro. 
Pior ainda, ninguém é dono do seu destino. 

UM PROBLEMA COM SOLUÇÃO
Todos fomos criados pelo Eterno Deus, mas todos também nos afastámos d'Ele por causa dos muitos pecados que temos praticado. Encontrar-se com Deus numa condição de pecado significa sofrer a condenação eterna, viver uma miserável eternidade fora da presença de Deus.
A única solução é aquela que o próprio amoroso e misericordioso Deus nos oferece, ao enviar o Seu próprio Filho Jesus para levar sobre Si a condenação merecida pelos nossos pecados, substituindo-nos assim, e oferecendo-nos a indescritível e maravilhosa possibilidade de perdão divino, reconciliação com Deus e o desfrutar de uma vida eterna junto com Ele.

A coisa melhor que podemos fazer por nós próprios, é nos prepararmos para, em qualquer momento, e sejam quais forem as circunstâncias em que partirmos para a presença de Deus, estarmos em paz, com a certeza de termos tomado a decisão mais importante de toda a nossa vida: arrependimento pelos nossos pecados e aceitação do perdão e graça de Deus, numa oferta única de salvação e de segurança de vida eterna com Deus!

"Quando se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o Seu amor para com os homens, não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo a Sua misericórdia, Ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo...a fim de que, justificados por graça, nos tornemos Seus herdeiros, segundo a esperança da vida eterna" - (Tito 3:4 - 7).


É bom que estejas preparado, porque um dia, mais tarde ou mais cedo, será a tua vez...


                VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 

Senhora da Hora

Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00 






sábado, 5 de março de 2016

TÃO PEQUENO, MAS TÃO PERIGOSO!

Certa vez perguntei a um amigo meu que foi missionário durante alguns anos numa região de densa floresta no Brasil qual era o animal mais perigoso que ele tinha encontrado na selva. Tendo-a percorrido muitas vezes, chegando até a ficar perdido no seu seio, este missionário tinha cruzado com vários tipos de animais perigosos e mortíferos, sendo por isso a pessoa mais indicada para responder à minha curiosidade. Ora eu esperava que ele me falasse de onças, cobras venenosas, e outros bichos assustadores, mas, sem qualquer hesitação, este meu amigo respondeu-me: "É o mosquito!"
- É o mosquito? Tão pequenino, quase insignificante, como pode ser? - perguntei na minha incredulidade.
Esboçando um compreensivo sorriso, o experimentado missionário contou-me então que apesar de alguns encontros tidos pela tribo vizinha com animais selvagens de grande porte,  morria muito mais gente como consequência de malária e outras doenças letais causadas pela simples picada de um minúsculo mosquito...

ZICA - TÃO PEQUENO, MAS TÃO PERIGOSO
O mundo vive actualmente dias de séria preocupação e intranquilidade com o surgimento de uma espécie de mosquito que transmite um vírus denominado "zica", uma verdadeira praga apocalíptica que em poucos meses já infectou quase 2 milhões de pessoas, provocando infecções, sérias deformações em crianças, microcefalia, destruindo até células do cérebro e causando a morte de várias pessoas.
A dimensão do perigo causado por estes simples e minúsculo mosquito é tão vasta, que o governo brasileiro decidiu pôr o próprio exército nas ruas para combater esta ameaça, tal como se se tratasse de uma guerra convencional.
Tão pequeno, e tão perigoso!

TAL COMO O PECADO...
Esta alarmante situação provocada pela picada de um insecto tão minúsculo lembra uma outra, ainda mais devastadora, mas infelizmente menos cuidada e temida: a "picada" provocada pelo pecado, a desobediência às leis de Deus, e cujos danos são muito mais mortíferos do que os provocados pelo insecto, pois têm consequências bem mais devastadoras e mortais, levando à própria morte espiritual.
E tal como a picada do insecto aparenta ser algo de insignificante, também o pecado é para muita gente uma "brincadeira", algo que não faz mal, daí a "mentirinha sem importância", a traição ou a infidelidade que é tida como "normal", o pequeno roubo que "não prejudica ninguém", e por aí poderíamos prosseguir...

Só que a Bíblia afirma que pecado é pecado, seja ele "pequeno" ou "grande", e que "o salário do pecado é a morte". De facto, o homem irá "colher o que semeia". Não há dúvidas de que assim é. 

A MAIOR E MAIS PERIGOSA INFECÇÃO
A maior infecção que alguém pode sofrer é na sua própria alma! A mancha espiritual e moral provocada pela presença de pecado na mente humana é uma doença terrível, alastradora, contagiosa e incurável por meios humanos. 
Quantos milhões deixam que suas vidas sejam arruinadas e sujeitas à condenação por causa de uma vida de pecado!
A Bíblia afirma claramente que "todos pecaram e se afastaram da glória de Deus". 
Por muito que alguém se tente livrar por si mesmo deste mal, nunca o conseguirá, pois por muito que se esforce, a cura não está nem nunca estará nas suas mãos.

A SOLUÇÃO PARA O PECADO
O pecado tem cura? Não. Mas o pecador tem! 
Tal como esperamos chegar ao dia em que a medicina descobrirá um antídoto para o vírus do zica, libertando o paciente da infecção provocada pelo mesmo, há esperança para todo aquele que, reconhecendo que a doença espiritual que carrega é perigosa e mortal, procura a solução em Alguém capaz de o curar e purificar, libertando-o desse vírus mortal de uma vez por todas!

Foi exactamente isso que Deus fez por nós. Olhando para a humanidade contaminada e ameaçada por esse terrível vírus espiritual - o pecado - Ele encheu-Se de compaixão e amor por cada um de nós e fez algo de extremamente precioso e singular: entregou o Seu próprio Filho à morte, para que através do Seu precioso sangue derramado em expiação e como pagamento pelos nossos inúmeros pecados, nós pudéssemos experimentar a cura espiritual das nossas almas e o perdão total pelos pecados que cometemos! Em outras palavras, e tal como nos garante a Sua Palavra (a Bíblia), "no Seu sangue nós temos a purificação" do nosso coração, o perdão completo e a dádiva da vida eterna com Deus!

BASTA ACREDITAR E RECEBER A CURA!
Podemos estar na posse do melhor e mais eficaz remédio do mundo, mas se o doente não acreditar no seu efeito e recusar o tratamento, de nada lhe servirá! 
E, tão mal quanto isso, é quando o doente se acha são, quando o pecador acha que não o é, corroborando o antigo ditado "não há pior cego do que aquele que não quer ver."
Jesus Cristo veio exactamente para tratar do nosso problema - o pecado - e trazer-nos a cura total através do sacrifício de Si mesmo. Recusar essa oferta de amor é preferir a morte e a eterna separação de Deus. "Mas, a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus, isto é, àqueles que crêem no Seu nome." - João 1:12 - (Bíblia).
Reconheça então que é pecador e que precisa de cura e libertação total do pecado que tem arruinado a sua vida. Volte-se para Jesus, confesse-lhe o seus pecados, peça-lhe perdão pelos mesmos, e receba a limpeza total do seu coração e da sua mente! 
"Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça" - 1 João 1:9 - (Bíblia).




       VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 

Senhora da Hora

Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00 





sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

"ESTE HOMEM SACRIFICOU A SUA VIDA PARA SALVAR CENTENAS"

"ESTE HOMEM SACRIFICOU A SUA VIDA PARA SALVAR CENTENAS NO LÍBANO"
Assim se lia na manchete de um conhecido jornal no passado mês de Novembro.

Segundo a notícia difundida pelos media, Adel Termos passeava, juntamente com a sua filha, num mercado ao ar livre num subúrbio de Beirute, capital do Líbano.
Foi quando ouviu uma enorme explosão. Dois terroristas tinham-se feito explodir, matando um total de 43 pessoas.
Segundo as notícias, o número só não foi muito maior, devido á acção de Adel Termos, que se sacrificou para salvar dezenas ou centenas de vidas.
Eram dois, os terroristas. Logo que o primeiro se explodiu, Adel viu um segundo que se preparava para também se fazer explodir e, sem hesitar, lançou-se sobre ele.
A bomba foi detonada e Adel Termos morreu. Mas o seu sacrifício permitiu salvar dezenas ou centenas de vidas.
Um médico de Beirute descreveu este acto heróico da seguinte forma: "Ele atirou-o (ao bombista suicida) ao chão, causando a detonação da segunda bomba. Há muitas, muitas famílias, provavelmente centenas, que devem ao seu sacrifício o facto de (hoje) estarem inteiras."

UM SACRIFÍCIO AINDA MAIOR
Este acto heróico remete-nos para um ainda maior. Infinitamente maior: o acto mais heróico produzido por um só homem, há 2 mil anos atrás, e que permitiu não só a salvação de centenas de vidas, mas a de muitos milhões!
Esse homem é Jesus Cristo, o Filho de Deus incarnado em forma humana há cerca de 2 mil anos, e que veio a este mundo para realizar de uma só vez e num só dia um único acto que permitiu a salvação espiritual de toda a humanidade!
Para o conseguir, Ele sofreu o pavor e as dores mais insuportáveis que se possam imaginar, mas a sua acção foi unicamente motivada pelo imenso amor para com todos os homens e mulheres: "Deus de tal forma amou a humanidade, que deu o Seu Filho unigénito, para que todo aquele que n'Ele crê, não se perca, mas tenha a vida eterna." (Bíblia, S. João 3:16).

Ele teve que morrer para que nós pudéssemos viver para sempre!

Nenhum outro sacrifício, por maior que seja, poderia pagar a nossa dívida espiritual para com Deus. Os nossos pecados são como que dívidas impagáveis que nos conduziriam à desgraça e à separação eterna de Deus. Mas foi o próprio Deus, na Pessoa do Seu Filho Quem decidiu pagar essa enorme dívida, pagando em nosso lugar, oferecendo-se para morrer como "uma ovelha para o matadouro."

Você já compreendeu que por si só nunca conseguirá pagar a dívida dos seus pecados diante de Deus?
Você já compreendeu que Jesus Se ofereceu para pagar essa sua dívida, sem nada lhe cobrar em troca, a não ser amor e gratidão?
Você já compreendeu que Ele teve de morrer para que você pudesse viver eternamente feliz na presença de Deus?

Entregue agora mesmo a sua vida nas mãos deste Deus tão bondoso e tão misericordioso! 
Peça-lhe perdão pelos seus pecados, e agradeça-lhe por tão grande salvação! 
Siga-O e obedeça-Lhe de hoje em diante! 
Convide-O a fazer parte da sua vida!

                 VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 

Senhora da Hora

Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00 


sexta-feira, 29 de maio de 2015

CORAÇÃO VAZIO





       VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 
Senhora da Hora

Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00 



terça-feira, 21 de abril de 2015

EVOLUÇÃO versus DEUS

      


                   VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 
Senhora da Hora

Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00 


domingo, 29 de março de 2015

8 MINUTOS PARA A ETERNIDADE

O mundo ainda não se recompôs da tragédia que nesta última semana encheu os nossos corações de dor e consternação. Um indivíduo, alegadamente sofrendo de problemas psicológicos graves, decidiu acabar com a sua vida e a de mais 149 pessoas, arremetendo o avião que pilotava contra uma montanha dos Alpes franceses. Nada nem ninguém sobrou deste verdadeiro acto genocida.

As imagens do sofrimento, dor e revolta nas faces e expressões dos familiares, amigos, e da população em geral têm corrido mundo e são marcantes e confrangedoras. O por quê deste acto tresloucado torna-se um verdadeiro tormento na mente dos mais próximos, dos mais afectados pela inexplicável e injustificável tragédia. 
A incontrolável saudade, os gritos de dor e as recordações tornam-se a tortura diária das centenas de pessoas que perderam algum familiar, algum amigo, algum conhecido naquela indescritível tragédia.

8 MINUTOS PARA A ETERNIDADE
Segundo os dados técnicos disponíveis, a tragédia iniciou-se 8 minutos antes da colisão, quando o infeliz piloto decidiu iniciar a queda abrupta e constante do avião numa viagem que levaria cerca de 8 minutos até ao choque final com a montanha rochosa.
De acordo com as informações que entretanto vêm chegando, as 149 vítimas deste atentado só se terão apercebido da realidade trágica que delas se aproximava a escassos momentos da colisão do avião contra a montanha rochosa dos Alpes. Segundo os registos gravados, só se ouviram os gritos das vítimas momentos antes do desastre. 

Não imagino o que seja ver a morte à frente sem nada poder fazer para escapar à mesma. Uma coisa é certa: todos aqueles alegres e esperançosos jovens e demais passageiros que naquela fatídica manhã entraram naquela aeronave pousada em Barcelona acreditavam que a mesma os levaria em plena segurança até ao destino final, a cidade de Dusseldorf, na Alemanha. Ninguém ali escolheu a tragédia, muito menos contava com a mesma. 
Quantos risos, projectos, alegrias, esperanças e expectativas foram partilhados durante os minutos de voo anteriores à tragédia? Muitos, certamente.
Mas, a certa altura, alguém colocou o relógio daquelas vidas numa contagem final de 8 minutos. 8 minutos até à colisão fatal. 8 minutos finais de uma existência desejada mas bruscamente interrompida.

"TEMOS APENAS MAIS 8 MINUTOS DE VIDA!"
Imaginemos se, em vez de permanecer no seu silêncio macabro, o piloto tivesse decidido falar aos altifalantes do avião: "Senhores passageiros: decidi dirigir este avião contra uma montanha, para acabar com a minha e as vossa vidas. Segundo os meus cálculos, temos apenas mais 8 minutos de vida!"
Ao ouvir tais palavras trágicas, talvez alguns pensassem inicialmente tratar-se de uma brincadeira de mau gosto, mas, com o decorrer dos minutos, se convencessem ao verem que a aeronave se aproximava cada vez mais perigosamente da terra e do desastre.
E então começaria a histeria, os gritos, o desespero, e acabariam os planos, o ateísmo, e todas as esperanças...
Muitos talvez se voltassem desesperadamente para os santos da sua predilecção, procurando no fundo da bolsa alguma imagem, algum talismã, algum "santinho", sabe-se lá, alguma coisa a que se pudessem agarrar nos minutos finais da sua existência.
Ou talvez alguns, muito poucos, se voltassem para Deus, suplicando a Sua misericórdia e o Seu perdão diante de tão grande desventura...

QUAL A MAIOR TRAGÉDIA?
A questão crucial em toda esta história não deve ser as causas que levaram aquele piloto a provocar uma tragédia destas - ainda que isso mereça toda a atenção e reflexão - mas saber em que condição espiritual estavam todas aquelas vidas.
Só Deus sabe em que condição espiritual todos se encontravam, mas, infelizmente, e tal como constatamos diariamente à nossa volta, suspeitamos que a maioria daquelas pessoas não estavam preocupadas com a eternidade, muito menos com o destino das suas almas. Sendo a maioria jovens, percebe-se que a mentalidade actual prevalecente nos jovens europeus não se preocupa muito com a preparação espiritual para enfrentar uma inescapável eternidade. 
Segundo a Bíblia, viver ausente de Deus levará a viver uma eternidade afastado de Deus. E nada mais resta fazer por aqueles que partiram a não ser chorar e lamentar a sua partida, uma vez que o lugar de chegada poderá não ser o melhor. 

É MELHOR ESTAR SEMPRE PREPARADO
Todos quantos se preparam para uma viagem de avião tentam não esquecer nada do essencial na sua bagagem, muito menos ainda a documentação necessária para a realização da mesma. Mas muito poucos se preparam espiritualmente para a viagem. 
Toda a nossa vida é uma verdadeira viagem para um destino previamente escolhido. Se eu escolho viver com Deus, e relacionar-me com Ele através da Pessoa do Seu Filho Jesus Cristo, tenho a vida eterna, estando por isso preparado para em qualquer momento da viagem partir para a presença de Deus, em paz e segurança, sabendo que Ele me receberá nos Seus braços de amor e perdão.
Mas se escolho viver independentemente de Deus, não dando valor ou sentido aos Seus convites e apelos para que me reconcilie com Ele através do reconhecimento e confissão dos meus pecados, se não reconheço a minha necessidade espiritual e deposito a minha fé na Pessoa e Obra salvífica de Jesus Cristo, estarei despreparado, arriscando-me a enfrentar a condenação e separação eternas a qualquer momento em que a viagem da minha vida seja interrompida.
É por isso que Deus nos alerta: "Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias..."
"Prepara-te para te encontrares com Deus."

Ninguém é senhor do seu destino. Ninguém consegue adivinhar o dia ou a forma em que vai partir para a eternidade através da morte física.
É melhor estar preparado para quando essa interrupção se der. É melhor entregar a sua vida nas mãos de Deus, já, sem perda de tempo, depender d'Ele, e confiar na Sua capacidade de nos guardar de todo o mal, ou, preparar-nos para enfrentar o mesmo com plena confiança e certeza do destino maravilhoso que Deus tem preparado para todos aqueles que O amam.
"Entrega o teu caminho ao Senhor, confia n'Ele, e o mais Ele tudo fará" - Salmo 37:5.



                VENHA OUVIR A PALAVRA DE DEUS!
"Conhecereis a Verdade, e a Verdade vos libertará" - Jesus

CENTRO COMUNITÁRIO CRISTÃO
Igreja Evangélica
Centro Comercial Londres, sala AC155 (1º andar) 
Senhora da Hora

Reuniões públicas todos os Domingos às 19H00